Filmes

Depois de meses sem tempo de ir ao cinema (se e quando havia tempo, em geral estava cansado demais), começo, feliz, cinéfilo que sou, a voltar às salas escuras. Em cinco dias, vi dois filmes que retratam mulheres. Desenhos intimistas, mas esplêndidos, sensíveis, que retratam realidades opostas, e ainda assim similares. De um lado, ‘Volver’, de Almodóvar(1) , com Carmen Maura e Penélope Cruz encabeçando um elenco de excelentes atrizes. De outro, ‘O Céu de Suely’, de Karim Ainouz (2), com a lindíssima e talentosa Hermila Guedes (3) á frente de outro cast supercompetente. Filmes que tratam de voltas, de reecontros, de busca de sentido para as coisas. Filmes que não dão respostas, mas tocam o afeto, apresentam relações humanas sensíveis, plenas de seiva. Filmes tristes, ambos. Almodóvar, como sempre, tem sua cota de melodrama, de ação tensa, de risco. Mas trata de mulheres que tentam encontrar para si um lugar em um mundo difícil. O mesmo faz Ainouz, com a diferença de que seu registro é mais banal, mais cotidiano. Duas lindas histórias contadas por diretores que dominam com firmeza e segurança as técnicas narrativas. Agora quero mais. Tem tanto filme em cartaz que está na minha lista. Ainda não vi ‘O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias’ (4) , ‘C.R.A.Z.Y.’(5) , e também ‘A Última Noite’, de Robert Altman (6) , um diretor que admiro desde ‘M.A.S.H’, há mais de trinta anos, e que morreu há poucos dias, e até ‘Happy Feet – O Pingüim’(7). E vou parando por aqui. Olha que eu nem falei da lista de peças que quero ver e não consigo. Eu precisaria ser capaz da ubiqüidade, como os deuses gregos. Seria tão bom!

Escrito por Alberto Guzik às 17h29

(1) Pedro Almodovar. ( Alzada de Calatrava, Espanha, 24 de setembro de 1949). Diretor, roteirista e produtor. Dirigiu, entre outros, “Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos”, “Fale Com Ela” e “Volver”.
(2) Karim Ainouz (Fortaleza, 1966). Diretor e roteirista. Dirigiu “Madame Satã”, “O Céu de Suely” e “Viajo por que Preciso, Volto por que te Amo” ( com Marcelo Gomes).
(3) Hermila Guedes (Cabrobó, Pernambuco, 1980). Atriz, integra o Coletivo Angú de Sangue em Recife e protagonizou e/ou participou vários filmes da atual onda de filmes pernambucanos.
(4) “O Ano que Meus Pais Sairão de Férias” (2006) . Filme brasileiro dirigido por Cao Hamburguer.
(5) “C.R.A.Z.Y” (2005) Filme canadense dirigido por Jean-Marc Vallée.
(6) Robert Altman ( Kansas City, 1925/ Los Angeles, 2006). Um dos mais importantes cineastas da geração de diretores americanos que surgiram na virada dos anos 60 para os 70. Dirigiu , entre outros, “MASH”, “Nashville”, “McCabe and Mrs. Miller”, “Short Cuts”, “O Produtor” e “Assassinato em Gosford Park”.
(7) “Happy Feet – O Pinguim” . Filme de animação americano que tinha como dubladores, na versão americana, Nicole Kidman, Robin Williams, Hugh Jackman e Elijah Wood, entre outros.

Tem dias

“Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu”

Chico Buarque ( 1) é um sábio. Desde sempre. Esse verso tem mais de 40 anos. Festival da Record. Meus Deus! E define uma coisa tão real e atual! Ando me sentindo assim ultimamente. Não o tempo todo. Mas ando.

Escrito por Alberto Guzik às 17h31

(1) Chico Buarque de Holanda ( Rio de Janeiro, 1944) . Músico, letrista, cantor, escritor, dramaturgo. Dos maiores da música popular brasileira de todos os tempos. http://www.chicobuarque.com.br/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode se interessar